31 de dezembro de 2013

Adeus, 2013

Nossa.

Não diga que não porque sim, aconteceu. 
Como tudo passou tão depressa?

Quem é/são o/os culpado/culpados? 
As ocupações (quase sempre) importantes?
O que foi 2013?


Metas Literárias para 2014


Boa noite leitores!

   No último dia de 2013, trago à vocês as minhas expectativas e metas literárias para 2014. Estou atualizando meu skoob com tudo o que quero ler nesse ano. Não incluí livros de poesia pra não ocupar espaço demais mas incluí um HQ (apesar que tem muitos outros na lista, Calvin & Haroldo que o digam). Enfim... Espero ler todos os presentes ou não na lista haha
Ela está organizada mais ou menos assim:
  • Ler pelo menos um HQ;
  • Ler pelo menos um livro que virou filme;
  • Conhecer a escrita do autor Anthony Burgess;
  • Ler pelo menos um livro de terror/drama;
  • Ler um livro que conheci pela série;
  • Continuar a saga Divergente;
  • Ler pelo menos um que já está na estante;
  • Conhecer um novo gênero;
  • Começar uma saga.

Vamos lá:

➸ Resultado - Sorteio: Fim de Ano Literário!


   Mais um sorteio terminado em 2013! Dessa vez em parceria com Livro: A Estante da Vida.

Muito obrigada a todos os que participaram do Fim de Ano Literário, a participação de cada um de vocês foi decisiva no sucesso do nosso blog durante o ano. 

Vamos conferir quem levou:
  • O Contrário de Roma, de Fernando Mendes (Livro: A Estante da Vida)
  • Atrás da Porta Azul, de Caio Riter (O Que Devoro)
  • Hanna Montana e Eu, de Miley Cyrus (O Que Devoro)
  • Jonas Brothers de A a Z, de Tory Oliveira (O Que Devoro)


   O sortudo dessa vez foi o Douglas Fernandes, que fechou 2013 levando todos os livros acima. Parabéns Douglas!

Beijos e até a nossa próxima promoção (;



28 de dezembro de 2013

✽ Resenha: Anjos da Morte - Eduardo Spohr

Filhos do Éden – Anjos da Morte
Autor: Eduardo Spohr
Editora: Verus
Ano: 2013
Gênero: Ficção
Páginas: 586
Nota: 
-----------------------------------------------Sinopse-----------------------------------------------
Desde eras longínquas, os malakins, anjos estudiosos e sábios, observam em silêncio o progresso do homem. Mas eis que chega o século XX, e com ele as armas modernas, a poluição das indústrias, afastando os mortais da natureza divina, alargando as fronteiras entre o nosso mundo e as sete camadas do céu.
 Isolados no paraíso, incapazes agora de enxergar o planeta, esses anjos solicitaram a ajuda dos “exilados”, celestiais pacíficos, que havia anos atuavam na terra. Sua tarefa, a partir de então, seria participar das guerras humanas, de todas as guerras, para anotar as façanhas militares, os movimentos de tropas, e depois relatá-las a seus superiores alados.
 Sob o disfarce de soldados comuns, esse grupo esteve presente desde as praias da Normandia aos campos de extermínio nazistas, das selvas da Indochina ao declínio da União Soviética. Embora muitos não desejassem matar, foi isso o que lhes foi ordenado, e o que infelizmente acabaram fazendo.
 Repleto de batalhas épicas, magia negra e personagens fantásticos, Filhos do Éden: Anjos da Morte é também um inquietante relato sobre o nosso tempo, uma crítica à corrupção dos governantes, aos massacres e extremismos, um alerta para o que nos tornamos e para o que ainda podemos nos tornar.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
*Atenção! : Nenhuma resenha contêm spoiler.*
                                                  
   Oi gente, aqui é a Isa e dessa vez vou resenhar o livro Filhos do Éden – Anjos da Morte do autor brasileiro Eduardo Spohr :)

26 de dezembro de 2013

Book Survey

   Obrigada a May do blog Livreando que me indicou ao Book Survey de hoje: 50 perguntas sobre os meus hábitos literários.

1. Livro de infância preferido?
Minha mãe me presenteou há alguns anos com toda a série Querido Diário Otário, o que me motivou a ler mais e mais. 

2. O que você está lendo agora?
O Chamado do Cuco, de Robert Galbraith.

3. Que livros você quer emprestar na biblioteca?
Não tenho o costume de ir à bibliotecas /:

4. Hábito de leitura ruim?
Ler com pouca luminosidade e má postura.

5. Qual foi o último livro que pegou na biblioteca?
Não me lembro.

6. Você tem um e-reader?
Não, mas estou aceitando de presente! \o/

7. Você prefere ler um livro por vez ou vários de uma vez?
Um por vez.

8. Seus hábitos literários mudaram desde que criou o seu blog?
Sim, passei a ter menos tempo reservado à leitura. Mas uma boa organização de tempo me ajuda muito (=

9. Qual foi o livro que você menos gostou de ler esse ano?
Pode ser uma escolha estranha mas Quem é Você Alasca?, de John Green não me surpreendeu.

10. Livro preferido que leu esse ano?
Uma pergunta muito difícil. Acho que Todo Dia, de David Levithan. Ou A Ilha do Dr. Moreau, de H. G. Wells.

✧ TAG: Sete pecados literários

   Queridos leitores! Espero que tenham tido um ótimo Natal. Eu tive, festejei muito com a minha família. Já estou preparada pro Ano Novo \o/

   Depois desse breve recesso aqui no blog, trago uma tag que vi no Leitora Incomum, que se chama Sete Pecados Literários. Como eu adoro responder a tags, aqui está!

1 - Ganância - Qual é seu livro mais caro? E o menos caro? 
O livro mais caro que comprei até hoje é O Chamado do Cuco, de Robert Galbraith. Ainda é lançamento mas quando comprei tinha acabado de começar a vender aqui no Brasil. Como é de autoria do pseudônimo de J. K. Rowling, tem de tudo para ser caro: foi R$ 40.
O mais barato que já comprei foi O Pesadelo de R. L. Stine: R$ 22.

22 de dezembro de 2013

✳ Entrevista: Lorene Patigra


  Boa noite Lorene! Vamos começar falando de como tudo começou:

  • Como foram seus primeiros contatos com a escrita e a leitura?
Ninguém precisou ensinar-me a gostar de ler, foi algo que naturalmente aprendi a amar desde criança. Meu apreço pela escrita, entretanto, confesso que veio surgindo aos poucos. Quanto mais eu ouvia música e sentia necessidade de escrever o que elas me proporcionavam, quanto mais eu observava a vida e percebia que almejava transmitir uma mensagem sobre o que estava aprendendo, mais o meu amor crescia pelas palavras. Dessa forma não consigo responder com precisão quais foram os meus primeiros contatos com a escrita e a leitura, uma vez que aconteceram de forma bem precoce, porém posso afirmar que desde que nos cruzamos foi uma paixão tão intensa que não consigo me imaginar sem.


  • Que livro, em especial, te fez começar a gostar de ler?
Muitas pessoas me perguntam sobre esse livro rsrsrs. Eu lia tanta coisa quando era criança que é difícil estabelecer um exclusivo. Eu apreciava a Turma dos Tigres, a Turma dos Caras, a série Vaga Lume, a série Goosebumps e tudo que encontrava. Para ser sincera, vou dizer algo estranho: nunca li um livro que não gostasse, mas admito que deve ter sido porque jamais busquei ler algo que não me interessava. Nem mesmo os livros da escola ou da faculdade, se o tema não me interessava, eu não lia. Buscava pelo resumo, mas não lia o livro. Acho que já fui rebelde rsrsrs.
Apesar disso, vou citar o primeiro que me marcou: o Estrangulador, de Sidney Sheldon. Eu era realmente muito jovem quando li este romance e não posso esquecer-me da sensação de “viver a história por meio das palavras”. Devo o sucesso de “Entre o espelho e eu” a esta sensação!

✽ Resenha: Presságio - O Assassinato da Freira Nua - Leonardo Barros

Presságio - O Assassinato da Freira Nua
Autor: Leonardo Barros
Editora: Novo Século
Ano: 2012
Gênero: thriller policial
Páginas: 224
Nota: 
------------------------------------------Sinopse------------------------------------------
Alice tem 26 anos e, desde a adolescência, é atormentada por presságios. Desacreditada por psiquiatras, ela é considerada psicótica, até que uma de suas visões a possibilita desvendar um misterioso homicídio. A polícia atribui a autoria do crime ao Beato Judas, um assassino serial de freiras, mas a descrição do suspeito não se parece em nada com o homem que ela viu em sua premonição. Agora, Alice terá de correr contra o tempo para provar que não é louca e para evitar que o assassino faça uma nova vítima. Suspense, misticismo e sensualidade se misturam neste fantástico thriller policial que parece ter a capacidade sobrenatural de manter seus leitores alucinados da primeira à última página. 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
*Atenção! : Nenhuma resenha contêm spoiler.*

   Leonardo Barros é um de nossos autores parceiros! Obrigada pela oportunidade de conhecer sua escrita (=

19 de dezembro de 2013

O Que é?


   "Atenção! Estamos entrando em um assunto de utilidade pública!"
São apenas detalhes mas são importantes também. Várias pessoas não sabem o que é hardcover (ignorem o espaço entre hard e cover na imagem XD), hardback, paperback, pocket (mass market paperback), jacket e já ouviram essas palavras por aí. Vocês vão ver que não é tão difícil assim. 

   Vamos ver as diferenças:

Jacket


   Jacket é a capinha fina que geralmente envolve o livro original de uma adaptação cinematográfica, como o da foto. A jacket é só essa parte. Já o livro que a acompanha é chamado de:

Maratona de Quotes Favoritos: Histórias Extraordinárias - Poe!

△ Desafio de Férias


   Mais um! Eu ainda estou me empenhando no "Revirando a Estante" e fico feliz pela indicação. Obrigada à Gloria (do nosso blog parceiro Leitura e Pipoca) que foi quem nos indicou (= Como ela mesma disse, participar desses desafios é tão ♥ 
   Só sei que terei muito tempo para cumpri-lo! haha

   O objetivo é escolher 5 ou mais livros para ler durante as férias. Esses foram meus escolhidos:

  1. Entre o Espelho e Eu - Lorene Patigra
  2. Presságio - Leonardo Barros
  3. O Chamado do Cuco - Robert Galbraith
  4. Dezesseis Luas - Margaret Stohl e Kami Garcia
  5. Paperboy - Pete Dexter

   No dia 5 de fevereiro, os participantes encerram as metas postando como foi o desafio, se conseguiu batê-las e etc. Ah, temos que indicar outros blogs para participarem também! Esses foram meus escolhidos (mas se quiser participar mesmo sem ter sido indicado, sinta-se à vontade (; ):
   Adoraria acompanhar as metas de vocês (; 

Beijos!

18 de dezembro de 2013

Primeiro pôster oficial de A Culpa é das Estrelas!

   Depois de muitos pôsters feitos por fãs por aí, chegou a hora de conhecer um oficial. 
Ele foi divulgado hoje e, para quem não sabe (o que é bem raro ha): trata-se de uma adaptação cinematográfica da obra A Culpa é das Estrelas, escrito por John Green e estrelado por Shailene Woodley (que recentemente atuou em Carrie, A Estranha '2013') e Ansel Elgort

Vejam só:

   E aí, gostaram? Eu não achei a escolha dos atores muito boa. Não estou considerando o fato de eles serem diferentes de quando eu imaginei os personagens, levo em consideração principalmente a atuação de ambos em outra adaptação, Divergente. Dessa vez como irmãos! Não é estranho?! Eu acho :x

   A confirmação da data de estreia veio acompanhado do pôster: 6 de junho de 2014
Só espero que não tenha contato com muitos posers, porque, ouçam o que digo, vai chover marias-vai-com-as-outras (se é que esse acontecimento super comum já não está acontecendo).

Ansiosos?! (=

Novo layout!

   Hey queridos! 
E aí, notaram alguma coisa de diferente no blog? haha
Pois é, estou muito feliz. Trabalhei o dia inteiro na adaptação desse free layout da Bruna Borges (site no rodapé do blog), tudo para que ele ficasse mais visualmente organizado e bonito. Eu gostava do antigo theme mas o achava sério demais :s Coloquei também uma nova foto como apresentação. Ficou melhor, não?
Em relação ao conteúdo, nada muda, só espero poder postar mais. Ainda tenho algumas coisas para mudar, adicionar ou excluir e isso ocorrerá com o tempo mesmo.
Me aproximei bastante das configurações html e etc desde que criei o blog. Já tinha uma noção antes mas agora estou bem aprofundada. Se você quiser enviar alguma dúvida ou sugestão, em relação ao meu blog ou o seu, contate-me!  

Espero que tenham gostado do novo visual do blog (=

17 de dezembro de 2013

➸ Resultado - Sorteio: Bling Ring, Nancy Jo Sales!


























   Olá leitores, como estão? Preparados para o resultado de mais um sorteio?! haha Obrigada a todos que participaram (=

   Mas vamos logo ao que interessa!

   Yay, parabéns à ganhadora: Jéssica Vilela! De acordo com as regras, ela terá 3 dias para responder o e-mail que mandei pedindo o nome completo e o endereço. Se ela não responder, teremos um novo sorteio com um outro ganhador, ok?


E mais uma vez: obrigada pela participação!


Minha 'árvore' de livros

   Boa tarde leitores, como estão?
Estive bem animada numa tarde da semana passada e acabei tentando fazer uma daquelas árvores de Natal feitas de livros. Não deu muito certo e nem chegou a ficar bonitinha, mas vamos levar em consideração a intenção, ok? haha 
Quero compartilhar um Natal bem fail com vocês:



Tcharaaaaam! Ficou muito desorganizada, confesso. Depois de umas 4 tentativas, conseguir fazer essa mini árvorezinha de Natal. 
Peguei emprestado alguns livros da minha mãe, para fazerem parte do desastre também. No total, esses foram os livros utilizados:



 Usei toda a minha coleção Querido Diário Otário e outros. No total: 32 livros.




Com ou sem árvore de livros, eu gostaria de desejar um Feliz Natal a todos os leitores do blog. 

Obrigada pelo apoio! (;


12 de dezembro de 2013

✧ 6 livros para se ler nas férias

   Mais uma tag! Dessa vez fomos indicados para a tag 6 livros para se ler nas férias, pela Tammy, do blog Livreando. Obrigada Tammy! 
   Confira a minha lista:


#1
Todo Dia
Autor: David Levithan
Editora: Galera Record

Porque a indicação?
Quando comecei a lê-lo, em setembro, nem dei muita moral pra estória, queria mais passar o tempo. Depois de alguns meses é que fui entender a mensagem por trás de tudo, e se tornou um daqueles livros difíceis de esquecer, superar.






10 de dezembro de 2013

Blog parceiro: The Queen's Castle

   Como estão, leitores? Temos mais um blog amigo do O Que Devoro: o The Queen's Castle.



The Queen's Castle -  
Destinado a críticas, resenhas e comentários literários.

                     Facebook Twitter




Selo: 5 livros que eu gostaria de viver!

A indicação pra esse selo veio da Michelly, do blog Mais Uma Página. Obrigada Mi!


O objetivo do selo é selecionar 5 livros em que eu gostaria de viver, sendo como a personagem principal ou não. Depois de uma conferida rápida no meu skoob, escolhi essas obras:












O Grande Gatsby: quem não gostaria de viver na Era do Jazz?


Dezesseis Luas: Ethan é um dos poucos personagens masculinos que me chamam mais a atenção que a personagem principal, Lena. Adoro ele, ha

Divergente: separar as pessoas pelos dons que tem ou vão vir a desenvolver é uma boa ideia pra mim.

Cidades de Papel: apesar de ser um tanto clichê da parte de John Green, adorei as aventuras finais.

O Chamado do Cuco: detetive + Mayfair + East End + Soho =  1 livro que eu gostaria de viver.

Blogs para responder a tag: 

Que livros vocês gostariam de viver? (=

9 de dezembro de 2013

✽ Resenha: Entre o Espelho e Eu - Lorene Patigra

Entre o Espelho e Eu
Autor: Lorene Patigra
Editora: Schoba
Ano: 2011
Gênero: romance policial
Páginas: 345
Nota: 
-----------------------------------------Sinopse-----------------------------------------
Quando um homem é traído pela única pessoa no mundo que amava, ele pode ficar disposto a tudo, inclusive a matar por amor. Depois de ser condenado a vários anos de prisão por causa do assassinato de sua esposa, Hector Romeu decidi escolher as mulheres mais belas e bem casadas do país para provar que o amor não existe, que esse sentimento, na realidade, não passa de uma expectativa ilusória. Acontece que ao selecionar suas vítimas e colocar o seu plano em prática, uma trama surpreendente toma conta de seu coração quando uma de suas vítimas o aproxima novamente do amor. Aprisionado outra vez pelo calor da paixão e pelo fogo do desejo, Hector não percebe que está sendo conduzido para a mais perigosa rede de intrigas da sua existência. E assim, entre mentiras e segredos, o fenômeno de assassino que transforma-se em herói, destrincha o que de fato é o amor e quem, sinceramente, é capaz de amar. 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

*Atenção! : Nenhuma resenha contêm spoiler.*

   Primeiramente gostaria de parabenizar a autora pelo seu trabalho! Adorei conhecê-lo, ainda mais de uma conterrânea. Obrigada pela oportunidade Lô. (=

8 de dezembro de 2013

✳ Séries: Bates Motel

   Hey leitores! Quero apresentar-lhes uma série que acompanho há pouco tempo, mas que está me conquistando cada dia mais: Bates Motel

A série é uma moderna adaptação para a TV de um período na vida dos Bates que se passa antes do filme Psicose (de 1960).
Trata-se de uma trama que procura mostrar o desenvolvimento do lado psicótico e sombrio de um dos maiores serial killers da história do cinema (inspirado em Ed Gein, talvez?) e como sua mãe super protetora ajudou a formar um maníaco mundialmente conhecido.


Norman Bates, o jovem de 17 anos, é interpretado pelo fofo Freddie Highmore. Gostei muito da escolha como ator do personagem principal, não consigo imaginar um outro alguém com cara de 'bonzinho' assustadora do que ele, justo o garotinho d' A Fantástica Fábrica de Chocolate (adaptação de Tim Burton - 2005). E olha, não estou babando demais, ele está fazendo um ótimo trabalho.



As enciclopédias da Leya e da Ebury Press

   Depois de um tempinho sem blogar, trago-vos as enciclopédias que há tempo me chamam a atenção: a Mozipédia (em português, da editora Leya Brasil) e a Ziggyology (em inglês, da editora Ebury Press)

Mozipédia

A enciclopédia de Morrissey e dos Smiths

Autor: Simon Goddard
Editora: LeYa
Ano: 2013

Páginas: 768
Tradutor: Carolina Caires Coelho

Sinopse
Pare se você acha que já ouviu essa antes. Morrissey gosta mais de gatos ou de cachorros? Torce para algum time de futebol? É verdade que ele adora nadar? Mozipédia responde a essa e outras curiosidades a partir de um dos estudos mais detalhados e completos já feitos sobre o artista. Divididos em seis categorias principais, da música dos Smiths e da carreira solo de Morrissey, passando por detalhes biográficos, das influências, cidades e locais importantes em sua vida, os verbetes ajudam a montar o misterioso mosaico em torno deste ícone do rock’n’roll. São mais de 600 verbetes, resultado de anos de meticulosa pesquisa e entrevistas feitas pelo jornalista Simon Goddard, referência máxima quando o assunto é Morrissey e Smiths. A união perfeita e muito bem sincronizada entre canção e vida. Mozipédia, mais do que um presente perfeito a todos os fãs, responde às perguntas que todos sempre quiseram saber sobre o compositor, mas pela via inversa: perscrutando os seus enigmas. 
Saraiva ✦ FNAC  SKOOB


Ziggylogy

A Brief History Of Ziggy Stardust

Autor: Simon Goddard
Editora: Ebury Press
Páginas: 352

Sinopse (traduzida)
Ele veio do espaço sideral... Foi a melhor invenção da história da música pop - o deus do rock que veio das estrelas - que atingiu um jovem David Bowie como um raio dos céus. Quando Ziggy, o messias alienígena glamouroso caiu na Terra, ele transformou Bowie de prodígio à uma superestrela, quem mudou a face da música para sempre. Mas quem era Ziggy Stardust? E de onde ele realmente veio? Em uma obra de suprema arqueologia pop, Simon Goddard desenterra toda a influência que trouxe Ziggy para a vida - de H.G. Wells para Holst, de Kabuki para Kubrick e de Elvis de Iggy. Ziggyology documenta o drama épico de tempo curto, mas repleto de eventos do Starman no Planeta Terra e por que Bowie teve que matá-lo.

A Mozipédia me interessou muito. A Leya o publicou há pouco tempo, nesse final de 2013 mas, infelizmente, não contou com a capa dura e as fotografias coloridas da edição original inglesa. Sou fã dos Smiths e de Bowie mas confesso que o preço está salgado! 
Mas e vocês? Já os ouviram? (=




2 de dezembro de 2013

✧ Isso ou Aquilo?

 Oi pessoal! Mais uma vez estou aqui para postar uma tag e hoje vai ser a Isso ou Aquilo, traduzida pela Tati Feltrin. Apenas lembrando que eu vi no blog Portão Azul e decidi fazer o meu também, só que por escrito mesmo (=

  Vamos às perguntas:

1) áudio book ou livro?
Eu nunca tentei um áudio livro mas acredito que o livro deva ser muito melhor.


2) capa dura ou mole?
Prefiro a mole para manusear. Tenho alguns hardcovers e sempre que os vou ler, sinto uma leve agonia porque penso que estou estragando eles (que vaidade! rs)


3) ficção ou não-ficção?
Ficção! \o/


4) fantasia ou vida real?
Fantasia \o/


5) Harry Potter ou Twilight?
Sem dúvidas, Harry Potter.


6) e-book ou livro físico?
Leio em e-books por ser bem mais prático, mas prefiro o livro físico. Adoro pegar um livro e colocá-lo na estante.


7) comprar ou pegar emprestado?
É como eu disse na última resposta: gosto de ter em mãos para chamar de 'meu'. Mas se eu estiver sem grana, pego emprestado mesmo! haha


8) Livro único ou série?
Série.


9) livraria física ou online?
Apesar de a livraria online geralmente ter mais promoções e preços baixos, gosto de tocar o livro e ler algumas frases, pra ver se me convence mesmo.


10) livro longo ou curto?
Os longos me envolvem mais na história.


11) drama ou ação?
Prefiro ação.


12) ler no seu canto ou tomando sol?
No meu canto, com certeza. 


13) chocolate quente, café ou chá?
Pode ser os três? haha ok, chocolate quente (=


14) ler resenha ou decidir por si?
Prefiro decidir por mim mesma porque na maioria das vezes eu tenho pensamentos diferentes dos das outras pessoas (além de ser um pouquinho teimosa) haha 

Essa foi a tag de hoje e eu espero que tenham gostado!

1 de dezembro de 2013

✧ Book Wishlist - Natal 2013


   Olá leitores! Hoje vou lhes apresentar minha Book Wishlist de Natal. Este é um post especial para aqueles que não sabem com o que me presentear! rs 
   Confiram:


Toda Poesia
Autor: Paulo Leminski
Editora: Companhia das Letras
Ano: 2013
Páginas: 424
Saraiva FNAC  SKOOB

Sinopse
Paulo Leminski foi corajoso o bastante para se equilibrar entre duas enormes construções que rivalizavam na década de 1970, quando publicava seus primeiros versos: a poesia concreta, de feição mais erudita e superinformada, e a lírica que florescia entre os jovens de vinte e poucos anos da chamada “geração mimeógrafo”. Ao conciliar a rigidez da construção formal e o mais genuíno coloquialismo, o autor praticou ao longo de sua vida um jogo de gato e rato com leitores e críticos. Se por um lado tinha pleno conhecimento do que se produzira de melhor na poesia - do Ocidente e do Oriente -, por outro parecia comprazer-se em mostrar um “à vontade” que não raro beirava o improviso, dando um nó na cabeça dos mais conservadores. Pura artimanha de um poeta consciente e dotado das melhores ferramentas para escrever versos. Entre sua estreia na poesia, em 1976, e sua morte, em 1989, a poucos meses de completar 45 anos, Leminski iria ocupar uma zona fronteiriça única na poesia contemporânea brasileira, pela qual transitariam, de forma legítima ou como contrabando, o erudito e o pop, o ultraconcentrado e a matéria mais prosaica. Não à toa, um dos títulos mais felizes de sua bibliografia é Caprichos & relaxos: uma fórmula e um programa poético encapsulados com maestria. Este volume percorre, pela primeira vez, a trajetória poética completa do autor curitibano, mestre do verso lapidar e da astúcia. Livros hoje clássicos como Distraídos venceremos e La vie en close, além de raridades como Quarenta clics em Curitiba e versos já fora de catálogo estão agora novamente à disposição dos leitores, com inédito apuro editorial. O haikai, a poesia concreta, o poema-piada oswaldiano, o slogan e a canção - nada parece ter escapado ao “samurai malandro”, que demonstra, com beleza e vigor, por que tem sido um dos poetas brasileiros mais lidos e celebrados das últimas décadas. Com apresentação da poeta (e sua companheira por duas décadas) Alice Ruiz S, posfácio do crítico e compositor José Miguel Wisnik, e um apêndice que reúne textos de, entre outros, Caetano Veloso, Haroldo de Campos e Leyla Perrone-Moisés, Toda poesia é uma verdadeira aventura - para a inteligência e a sensibilidade.